A DISPERSÃO DOS ESPÍRITAS “CIENTÍFICOS”

Na biografia de Angeli Torteroli, que publiquei neste blog, em três partes, em 25/10/2013, 15/12/2013 e 01/02/2014, eu afirmei que a dispersão dos espíritas “científicos” deu-se no final de 1897.

No entanto, pesquisando na Hemeroteca Digital da Biblioteca Nacional, eu constatei que estava equivocado, pois a referida corrente sobreviveu até a segunda metade de 1898, publicando a Revista Espírita do Brasil e mantendo o Centro da União Espírita de Propaganda no Brasil.

A pesquisa para a biografia do Torteroli foi feita há muito tempo, no ambiente físico da Biblioteca Nacional. através de microfilmes dos jornais cariocas do Século XIX.

Na atualidade, essa pesquisa pôde ser repetida com muita mais facilidade, na Internet, sem pó e com um excelente buscador de palavras e nomes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s