CABOCLOS E PRETOS-VELHOS NO SÉCULO XIX

Segundo o pesquisador Renato Dias, já existiam manifestações de espíritos de indígenas e escravos negros antes da fundação oficial da Umbanda pelo Caboclo das Sete Encruzilhadas em 1908 (*).

Essa informação fortalece minha tese sobre o “boom” mediúnico de espíritos de indígenas e escravos negros no final do Século XIX e início do Século XX. Explosão mediúnica que o Caboclo das Sete Encruzilhadas procurou organizar e aproximar do Espiritismo kardecista.

Adendo: meu interesse na Umbanda são suas conexões e desconexões com o Espiritismo kardequiano.

NOTA:

(*) REGISTROS DE UMBANDA, Renato Dias, edição do autor, p. 109.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s