A ORIGEM DO CULTO DO EVANGELHO NO LAR

Na REVISTA ESPÍRITA de agosto de 1864, Allan Kardec sugeriu que os espíritas fizessem um momento de prece e reflexão em suas residências. Abaixo, segue a transcrição dessa recomendação:

“Uma vez por semana (…) pode-se consagrar a elas (as preces escolhidas) um tempo mais longo e dizer todas (as preces escolhidas), seja em particular, seja em comum (…), acrescentando algumas passagens da IMITAÇÃO DO EVANGELHO (1) e a de algumas boas instruções ditadas pelos espíritos” (REVISTA ESPÍRITA, p. 318 do volume de 1864 da FEB Editora).

Essa recomendação de Kardec leva alguns discípulos do pensador francês a acreditarem que o nosso estimado pensador espírita foi o propositor do chamado culto evangélico no lar entre os espíritas. No entanto, Kardec não chamou a atividade  culto do Evangelho. Nem, tampouco, recomendou que a base da atividade fosse o Evangelho canônico. Kardec recomendou que a atividade estivesse sustentada em textos espíritas.

A proposição de um culto doméstico do Evangelho entre os espíritas foi uma construção coletiva de um determinado grupo de encarnados e desencarnados. Esse grupo foi composto pelos dirigentes da FEB, pelos médiuns Chico Xavier e Waldo Vieira e pelos espíritos que se comunicavam por eles.

A tese do culto evangélico doméstico entre os espíritas começou a ser construída em 1941 no livro O CONSOLADOR, publicado pela FEB. O livro é uma longa entrevista com o espírito Emmanuel. Na questão 281 da obra, o entrevistador de Emmanuel fez a seguinte pergunta ao guia de Chico Xavier:

— A leitura do Velho Testamento e do Evangelho, nos círculos familiares, como é hábito entre muitos povos europeus, favorece a renovação dos fluidos salutares de paz na intimidade do coração e do ambiente doméstico?

Segue a resposta de Emmanuel:

— Essa leitura é sempre útil e, quando não produz a paz imediata, em vista da heterogeneidade de condições espirituais daqueles que a ouvem em conjunto, constitui sempre proveitosa sementeira evangélica, extensiva às entidades do plano invisível, que a assistem, sendo lícito esperar, mais tarde, o seu florescimento e frutificação.

Como se vê, ao invés de admoestar o entrevistador pelo desprezo pelas obras de Kardec, Emmanuel concordou com o dito cujo e avalizou o estudo da Bíblia nos lares espíritas. 

No romance RENÚNCIA de 1943, cuja história se passa nos séculos dezesseis e dezessete, Emmanuel usa a palavra culto para dar nome às reuniões domésticas de leitura do Evangelho, realizadas por alguns personagens da trama.  

No livro NOSSO LAR de 1944, no capítulo CULTO FAMILIAR, o espírito André Luiz descreve um culto doméstico do Evangelho numa residência de desencarnados situada na dimensão espiritual.

A partir daí, vários outros espíritos que se comunicavam por Chico Xavier e Waldo Vieira começaram a recomendar o culto doméstico do Evangelho em seus livros. Nesse processo, várias expressões diferentes foram utilizadas para denominar essa atividade doméstica. Mas, dessas expressões, a que mais se popularizou foi culto do Evangelho no lar. Paralelamente, outros espíritos que se comunicavam através de outros médiuns passaram a defender a mesma idéia.

Na pesquisa que fiz, nos livros psicografados por Chico e Waldo, no período de 1941 a 1970, a base do culto doméstico é sempre o Evangelho canônico. No livro EVANGELHO EM CASA do espírito Meimei, o EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO de Kardec chega a ser colocado como obra secundária e complementar ao Evangelho eclesiástico. Essa pesquisa segue, abaixo, no final deste artigo.

NOTA:

(1) A IMITAÇÃO DO EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO viraria O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO em 1865.

PESQUISA:

RENÚNCIA – EMMANUEL – 1943

SEGUNDA PARTE – CAPÍTULO 3 – “TESTEMUNHOS DE FÉ”

“… um padre recomendou mais atenção para o culto doméstico do Evangelho”

“… praticavam, na intimidade, o culto doméstico do Evangelho”

“Por que (…) o culto evangélico no lar, quando temos numerosas igrejas?”

“… não nos custa reconhecer (…) o caráter sagrado do culto doméstico …”

“… nunca nos reunimos no culto doméstico sem suplicar o socorro da inspiração divina”

“… o culto doméstico do Evangelho como escola de preparação …”

SEGUNDA PARTE – CAPÍTULO 4 – “REENCONTRO”

“O culto doméstico, sem a sua presença, parecia desprovido de luzes …”

“… conseguira um farrapo de esperança com o culto doméstico …”

“… lembrou as magníficas inspirações no culto doméstico do Evangelho”

“Sentiu-se (…) envolvida nas alocuções evangélicas do culto familiar”

“Procurava recordar as lições do culto doméstico …”

“Recordava (…) as lições evangélicas do culto doméstico”

SEGUNDA PARTE – CAPÍTULO 5 – “PROVAS REDENTORAS”

“A perturbação mental da genitora impedia o culto doméstico …”

SEGUNDA PARTE – CAPÍTULO 6 – “SOLIDÃO AMARGA”

“O culto doméstico do Evangelho foi restaurado”

“… o culto doméstico ia ganhando todos os corações”

“… entrou num período de grande abatimento, do qual saía nas horas rápidas do culto familiar”

OS MENSAGEIROS – ANDRÉ LUIZ – 1944

CAPÍTULO 35 – “CULTO DOMÉSTICO”

“… Dona Isabel abandonou a agulha e convidou os filhinhos para o culto doméstico”

CAPÍTULO 36 – “MÃE E FILHOS”

“Já lhes contei a história do nosso culto doméstico …“

CAPÍTULO 37 – “NO SANTUÁRIO DOMÉSTICO”

“Terminado o culto familiar …”

“… o culto familiar do Evangelho não é tão só um curso de iluminação interior …

OBREIROS DA VIDA ETERNA – ANDRÉ LUIZ – 1946

CAPÍTULO 11 – “AMIGOS NOVOS”

“… instituímos nosso culto doméstico do Evangelho de Jesus”.

“… nosso irmão Fábio instituiu (…) o culto doméstico da fé viva …” 

CAPÍTULO 16 – “EXEMPLO CRISTÃO”

“… desejava auxiliá-lo no derradeiro culto doméstico …” 

CAPÍTULO 17 – “ROGATIVA SINGULAR”

“… gracioso grupo de jovens (…) fazia (…) o culto doméstico do Evangelho”

VOLTEI – IRMÃO JACOB – 1949

CAPÍTULO “FENÔMENOS DA SINTONIA ESPIRITUAL”

“… findo o culto doméstico …”

LIBERTAÇÃO – ANDRÉ LUIZ – 1949

CAPÍTULO 15 – “FINALMENTE, O SOCORRO”

“… Dona Isaura, senhora daquele santuário doméstico e médium do culto familiar …”

GOTAS DE LUZ – CASIMIRO CUNHA – 1953

CAPÍTULO “CULTO DOMÉSTICO”

“Quando o culto do Evangelho brilha no centro do lar ..”

JESUS NO LAR – NEIO LÚCIO – 1950 

CAPÍTULO 1 – “O CULTO CRISTÃO NO LAR”

“Então, Jesus (…) abriu, na Terra, o primeiro culto cristão no lar”

CAPÍTULO 19 – “A RECEITA DA FELICIDADE”

“… no culto da Boa Nova, em casa de Pedro …”

CAPÍTULO 25 – “A VISITA DA FELICIDADE”

“… perguntou-lhe Pedro, no culto doméstico …”

CAPÍTULO 26 – “O VALOR DO SERVIÇO”

“… o Senhor encerrou o culto doméstico da Boa Nova …”

CAPÍTULO 34 – “A SERVA ESCANDALIZADA”

“… a oração final do culto doméstico foi pronunciada …”

CAPÍTULO 50 – “EM ORAÇÃO”

“… o culto do Evangelho, na residência de Pedro …”

NOSSO LIVRO – ESPÍRITOS DIVERSOS – 1950

CAPÍTULO “JESUS NO LAR” – Emmanuel

“O culto do Evangelho no lar aperfeiçoa o homem”

CAPÍTULO “A IGREJA EM CASA” – João de Deus

“Do culto cristão no lar nasce a fonte cristalina de benções …”

ENTRE A TERRA E O CÉU – ANDRÉ LUIZ – 1954 

CAPÍTULO 7 – “CONSCIÊNCIA EM DESEQUILÍBRIO”

“… no estreito recinto em que se processara o culto familiar …”

CAPÍTULO 31 – “NOVA LUTA”

“… salientou haver aprendido no culto do lar …”

CAPÍTULO 38 – “CASAMENTO FELIZ”

“… acompanharam com amoroso respeito o culto evangélico na residência de Antonina …”

INSTRUÇÕES PSICÔFONICAS – ESPÍRITOS DIVERSOS – 1956

CAPÍTULO 10 – “DEPOIMENTO” – J.P.

“Refere-se o comunicante ao culto doméstico do Evangelho …”

VOZES DO GRANDE ALÉM – ESPÍRITOS DIVERSOS – 1957

CAPÍTULO 51 – “ATO DE CARIDADE” – A.C.

“… convidava-me (…) para o culto do Evangelho no lar”

CONTOS E APÓLOGOS – IRMÃO X – 1957

CAPÍTULO 16 – “O COMPANHEIRO DOS ANJOS”

“… mantém valioso culto doméstico do Evangelho …”

EVANGELHO EM CASA – MEIMEI – 1960

CAPÍTULO “PRIMEIRA REUNIÃO”

“… estamos começando o nosso culto do Evangelho em casa …”

“… Finda a prece, solicitou Veloso que a filhinha abrisse o Novo Testamento (…). Logo após, atendendo à recomendação do esposo, Dona Zilda, consultou O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO.. “

CAPÍTULO “SEGUNDA REUNIÃO”

“Formulda a oração, o orientador do culto entregou a Dona Romualda o exemplar do Novo Testamento, pedindo que o abrisse (…) Desdobrando-se a consulta, foi Cláudio quem descerrou as páginas de O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO…”

CAPÍTULO “TERCEIRA REUNIÃO”

“… o culto do Evangelho no lar não inclui o tratamento dos desencarnados infelizes …”

“…  melhor maneira de instituir o culto do Evangelho em sua própria casa …”

CAPÍTULO “QUARTA REUNIÃO”

“Fomos (…) assistir à iniciação do culto do Evangelho na residência de nossas amigas”

CAPÍTULO “QUINTA REUNIÃO”

“… o culto do Evangelho em casa é uma benção que todos devemos cultivar”

CONDUTA ESPÍRITA – ANDRÉ LUIZ – 1960 

CAPÍTULO “NO LAR”

“… formar o culto do Evangelho com todos aqueles que lhe coparticipam da fé …”

A VIDA ESCREVE – HILÁRIO SILVA – 1960

CAPÍTULO 11 – “JESUS MANDOU ALGUÉM”

“O culto do Evangelho no lar havia terminado …”

ALMAS EM DESFILE – HILÁRIO SILVA – 1961

PRIMEIRA PARTE – CAPÍTULO 11 – “PROVAÇÃO”

“Em cada semana, o culto do Evangelho seria atendido em determinado lar”

SEGUNDA PARTE – CAPÍTULO 6 – “QUINZE MINUTOS”

“Mantinha com veemência o culto do Evangelho no lar”

O ESPÍRITO DA VERDADE – ESPÍRITOS DIVERSOS – 1962

CAPÍTULO 16 – “EDUCAÇÃO” – André Luiz

“… o culto do Evangelho em casa dever unir-se à matéria lecionada em classe …”

JUSTIÇA DIVINA – EMMANUEL – 1962

CAPÍTULO 32 – “PREVIDÊNCIA”

“… ensinam o culto do Evangelho de Jesus (…) no recesso dos lares …”

RELICÁRIO DE LUZ – ESPÍRITOS DIVERSOS – 1962

CAPÍTULO “ANIVERSÁRIO DE LUZ”

“Atendamos ao culto do Evangelho em casa”

SEXO E DESTINO – ANDRÉ LUIZ – 1963

CAPÍTULO 11

“… convidou-a para que se afeiçoassem ao culto semanal do Evangelho no lar …”

DESOBSESSÃO – ANDRÉ LUIZ – 1964

CAPÍTULO 70 – “CULTO DO EVANGELHO NO LAR”

“… precisa compreender a necessidade do culto do Evangelho no lar”

DICIONÁRIO DA ALMA – ESPÍRITOS DIVERSOS – 1964

CAPÍTULO “C” – EMMANUEL

“O culto doméstico do Evangelho é a fonte real da medicina preventiva …”

“O culto do Evangelho no lar aperfeiçoa o homem”

CAPÍTULO “C” – CAMILO

“O culto do Evangelho em casa é uma lâmpada acessa …”

CAPÍTULO “G” – ISAURA

“… o culto doméstico do Evangelho …”

CAPÍTULO “L” – CASIMIRO CUNHA

“Quando o culto do Evangelho brilha no centro do lar …”

ESTUDE E VIVA – EMMANUEL E ANDRÉ LUIZ – 1965

CAPÍTULO “O ESPIRITISMO E OS CÔNJUGES”

“… no culto vivo do Evangelho em casa …”

E A VIDA CONTINUA – ANDRÉ LUIZ – 1968

CAPÍTULO 13 – “TAREFAS NOVAS”

“… destinando-se (…) ao culto do Evangelho no lar de Ambrósio e Priscila …”

LUZ NO LAR – ESPÍRITOS DIVERSOS – 1968

CAPÍTULO “ANTECÂMARA” – EMMANUEL

“O culto do Evangelho em casa conta hoje com numerosos núcleos”

“… o culto do Evangelho em casa pede um conjunto de lições …”

“… para o culto do nosso Divino Mestre, na intimidade do lar …”

CAPÍTULO 1 – “CULTO CRISTÃO NO LAR” – EMMANUEL

“… o culto do Evangelho no lar não é uma inovação” 

 CAPÍTULO 2 – “JESUS EM CASA” – IRENE PINTO

“O culto do Mestre, em casa, é novo sol que irradia”

CAPÍTULO 23 – “NO TEMPLO DO LAR” – PIO VENTANIA

“… o culto doméstico do Evangelho é a fonte real da medicina preventiva …”

CAPÍTULO 60 – “CULTO CRISTÃO NO LAR” – NEIO LÚCIO

“Então, Jesus (…) abriu, na Terra, o primeiro culto cristão no lar”

IDÉIAS E ILUSTRAÇÕES – ESPÍRITOS DIVERSOS – 1970

CAPÍTULO 21 – “DO CULTO CRISTÃO NO LAR” – HILÁRIO SILVA

“O culto do Evangelho no lar havia terminado às sete da noite”

CAPÍTULO 26 – “DO SERVIÇO” – NEIO LÚCIO

“… o Senhor encerrou o culto doméstico da Boa Nova …”

MAIS LUZ – BATUÍRA – 1970

LETRA “C”

“O culto do Evangelho em casa (…) ser-vos-á uma fonte de alegrias e bençãos”

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s